• Início
  • Séries
  • Inspiração de Vamos as Cataratas: Conheça as histórias por trás desse episódio de Pica-Pau lançado em 1956
Anúncio Publicitário

Inspiração de Vamos as Cataratas: Conheça as histórias por trás desse episódio de Pica-Pau lançado em 1956

Anúncio Publicitário

Yasmin Silvério

Anúncio Publicitário
2021-06-23 13:24:26

“Vamos às Cataratas” ou “Niagara Fools”, como está em sua língua original, lançado em outubro de 1956, ficou tão famoso que acabou se tornando o sinônimo do desenho, além de render muitos memes pela internet. Por isso, vamos falar da Inspiração de Vamos às Cataratas.

Inspiração De Vamos As Cataratas: Conheça As Histórias Por Trás Desse Episódio De Pica-Pau
Foto Reprodução: Filmow | Inspiração De Vamos As Cataratas

Afinal, poucos sabem que esse episódio de Pica-Pau foi inspirado em histórias reais; então vamos descobrir o que serviu de inspiração de Vamos às Cataratas que nos renderam um episódio incrível.

Um pouco mais sobre o episódio

Anúncio Publicitário

Tudo começa quando nosso tão querido pássaro, o Pica-Pau, decide viajar para as Cataratas do Niágara, ao chegar ele escuta um guarda do parque se gabando por nunca ter deixado que nenhum louco descesse as quedas d’água dentro de um barril. Claro que ao escutar isso, nosso querido passarinho biruta resolve então que precisa acabar com a paz e tranquilidade, além da honra, do pobre coitado; então ele começa a levar barris para poder descer. 

Entretanto, como é esperado, o guarda faz tudo que é possível para impedir que o Pica-Pau desça as cataratas usando apenas um barril, porém com isso quem acaba descendo as quedas d’água é ele.

Em um dos mirantes, um pouco mais abaixo, tem uma plateia vestida com capas de chuvas amarelas que se aglomera apenas para assistir e comemorar cada barril que cai catarata abaixo. Toda essa cena fez com que esse episódio de Pica-Pau ficasse tão famoso. 

As histórias reais que inspiraram os criadores

Anúncio Publicitário

Mas por mais engraçado que esse episódio de Pica-Pau seja, a inspiração de Vamos às Cataratas são baseadas em casos reais que eram muito comuns no começo do século 20. Por mais que isso realmente seja incrivelmente insano, as pessoas realmente iam para as Cataratas do Niágara e desciam com barris reforçados, ou apenas barris simples, que foram planejados especialmente para garantir a segurança das pessoas que decidiam descer.

Annie Edson Taylor

Anúncio Publicitário

E uma das maiores pioneiras desse feito foi Annie Edson Taylor, uma professora aposentada norte-americana que, para comemorar seu 63º aniversário, decidiu descer as cataratas no dia 24 de outubro de 1901; ela pegou um barril de salmoura modificado e decidiu se aventurar. 

Inspiração De Vamos As Cataratas: Conheça As Histórias Por Trás Desse Episódio De Pica-Pau
Foto Reprodução: The New York Times | Inspiração De Vamos As Cataratas

Annie não fez isso apenas por ter uma grande falta de amor à vida, ela estava falida e infelizmente o marido não poderia lhe ajudar, já que o mesmo morreu anos antes, na Guerra Civil. Foi daí que ela teve essa ideia insana, ela descobriu que algumas pessoas estavam sendo patrocinadas e conseguindo um bom dinheiro com o público que se formava.

Inspiração De Vamos As Cataratas: Conheça As Histórias Por Trás Desse Episódio De Pica-Pau
Foto Reprodução: Info Niagara | Inspiração De Vamos As Cataratas

Porém, após todo o espetáculo feito por Taylor, os repórteres se juntaram ao redor da mesma e ela saiu com um corte na cabeça, não conseguiu o dinheiro necessário para que ela enriquecesse, apenas conseguiu entrar para a história como uma bela de uma doidinha. E servir de inspiração de Vamos às Cataratas.

George Stathakis

Anúncio Publicitário

Em toda a história, houve registro de 17 pessoas que tentaram ser pilotos de barris nas Cataratas do Niágara, com bolas ou nada no corpo. Apenas 11 casos foram bem sucedidos – mesmo que alguns tenham tido cinco mortos, e os outros casos foram apenas fraturas e machucados.

Veja também: O que esperar da nova temporada de Rick and Morty, ou curiosidades da saga Crepúsculo

Uma das mortes foi por asfixia, já que em 1930 o barril ficou por 18h preso atrás da cascata, fazendo assim George Stathakis morrer asfixiado. Mais uma história que serviu de inspiração de Vamos às Cataratas.

A proibição das quedas de barril

Anúncio Publicitário

Após muitas quedas, levadas a mortes e lesões,  o parque decidiu proibir esse ato de “suicídio” que as pessoas adoravam fazer. Porem, foi o que foi usado como inspiração de Vamos às Cataratas, um episódio icônico e engraçado. Mas não deixou de render boas historias de loucos que quiseram desafiar o grande Niágara e, em alguns poucos casos, conseguiram um pouco de fama e dinheiro; além de uma historia para contar aos netos.

Deixe uma resposta

Anúncio Publicitário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Anúncio Publicitário
Anúncio Publicitário
Site de cinéfilos independentes para um público independente.

© 2021 Cinemaratona | Todos os direitos reservados | Um Website do Grupo Mediaz | Desenvolvido por Azarod.